Labirintite

A queixa de vertigem, ou tontura do tipo rotatória, é muito comum. O termo “labirintite” pode representar 300 tipos de problemas com até 2.000 causas clínicas. A vertigem pode ocorrer em todas as faixas etárias, porém estudos mostram que sua presença aumenta com a idade.

Visto que o tratamento requer movimento para a recuperação das lesões, a desordem no sistema vestibular que gera “a tontura” não irá melhorar sem estimulação. Os objetivos dos fisioterapeutas , é determinar a quantidade de esforço que o paciente pode tolerar, criando uma forma efetiva de estimulação vestibular sem causar efeitos prejudiciais.

A reabilitação vestibular, procura restabelecer o equilíbrio por meio de estimulação e aceleração dos mecanismos naturais de compensação, induzindo o paciente a realizar o mais perfeitamente possível os movimentos que estávamos acostumados a fazer antes de surgir à tontura. Este termo significa um trabalho não apenas com o sistema vestibular, mas com inúmeras estruturas que fazem parte do nosso sistema de equilíbrio. Esta é uma opção de tratamento para pacientes portadores de distúrbios vestibulares que envolvem estimulações visuais, proprioceptivas e vestibulares.